fbpx

O que é FGTS? Quem pode sacar?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um fundo criado pelo governo federal para formar uma reserva de dinheiro para proteger o trabalhador. Foi criado em 13 de setembro de 1966 e começou a vigorar a partir de 01 de janeiro de 1967.

No início de cada mês, os empregadores depositam na Caixa Econômica Federal, em nome dos funcionários, o valor que correspondente a 8% (oito por cento) do salário bruto pago ao trabalhador. É importante ressaltar que o FGTS não é descontado do salário, pois é uma obrigação do empregador.

Como consultar o saldo do FGTS?

O trabalhador pode checar o saldo do FGTS de diferentes maneiras:

  • no site da Caixa Econômica Federal, é possível consultar as informações do FGTS, após fazer um cadastro.
  • pelo aplicativo: é possível checar as informações no aplicativo do FGTS, disponível na App Store ou Google Play.

Quem pode sacar o FGTS?

De acordo com a Lei 8.036/90, esta é a lista de situações em que é permitido o saque do FGTS:

  1. Demissão sem justa causa pelo empregador;
  2. Término do contrato por prazo determinado;
  3. Rescisão por falência, falecimento do empregador individual, empregador doméstico ou nulidade do contrato;
  4. Rescisão do contrato por culpa recíproca ou força maior;
  5. Aposentadoria;
  6. Necessidade pessoal, urgente e grave, decorrente de desastre natural causado por chuvas ou inundações que tenham atingido a área de residência do trabalhador, quando a situação de emergência ou o estado de calamidade pública for assim reconhecido, por meio de portaria do Governo Federal;
  7. Suspensão do trabalho avulso;
  8. Falecimento do trabalhador;
  9. Idade igual ou superior a 70 anos;
  10. Portador de HIV (SIDA/AIDS). Não somente o trabalhador, mas também o dependente;
  11. Portador de HIV (SIDA/AIDS). Não somente o trabalhador, mas também o dependente;
  12. Estágio terminal em decorrência de doença grave (trabalhador ou dependente);
  13. Permanência do trabalhador titular da conta vinculada por três anos ininterruptos fora do regime do FGTS, com afastamento a partir de 14/07/1990;
    1. Permanência da conta vinculada por três anos ininterruptos sem crédito de depósitos, cujo afastamento do trabalhador tenha ocorrido até 13/07/1990;
    2. Aquisição de casa própria, liquidação ou amortização de dívida ou pagamento de parte das prestações de financiamento habitacional.

Você pode sacar seu FGTS sem ser demitido. Veja como:

Para aqueles que têm interesse em acessar o saldo de seu FGTS mesmo sem ser demitido, é possível fazer a alteração para a modalidade “saque aniversário”. Veja o vídeo tutorial e habilite esta modalidade de crédito no app FGTS.

Ao selecionar essa nova modalidade de saque de seu benefício (saque aniversário), você permite que o seu saldo de FGTS possa ser visualizado pela CREDINDIN. Desta forma, dentro de até 24 horas poderá ter acesso ao dinheiro que precisa! 

De uma maneira surpreendentemente fácil você pode acessar seu saldo de FGTS, realizar o saque, e sair de qualquer sufoco financeiro que esteja enfrentando. Então, além de saber o que é o benefício, você também aprendeu que é possível realizar o seu saque.

Nunca foi tão fácil realizar o saque do seu benefício. Receba um dinheiro que é seu e está guardado. 

Quer saber mais sobre essa solução? Entre em contato com a Central de Atendimento da Credindin 0800-009-0008

Faça uma simulação clicando aqui. O FGTS é o saldo de seu tempo trabalhado, um dinheiro seu que pode estar em suas mãos e ser a solução que você tanto precisa! 

Se você gostou do nosso artigo sobre o que é FGTS, não deixe de compartilhar com seus contatos nas redes sociais.

Receba nossas novidades

Inscreva-se para receber todas as nossas novidades:

Mulher pensativa com a mão no queixo

Conteúdo do Post